Categorias
O blogue

Pensamento semanal

Eu estou derretendo na beira do abismo.

Categorias
O blogue

Fim

Restaram emails com carinho de um passado já distante, textos que copiei de um blogue escondido, outros emails que trocamos quando escreve-los significava sobrevivência e algumas cartas que servem como prova documental que a beleza só é posta no papel e pena.

Eu não quero que o tempo ande. Gosto de minha tristeza atual. É fase, mas ainda não quero esquece-la; ela merece um tempo longo de luto.

Esqueçam o citalopram. Quero bancar o fraco e chorar um pouco. Fiquei uns tempos dopado por ordem médica. Agora é diferente e sei que a coisa se resolve sozinha, mas não como as outras, esta eu quero guardar em algum lugar.

Categorias
O blogue

Diário

Não adianta fingir que tudo está bem. Ela se foi. Outras mulheres existirão. Ou não. Minha cabeça diz para ser um padre, mas também clama para me transformar num demônio.

Ela se foi, não há mais diálogo salvo patadas dadas por uma das partes e não há nada para se fazer a respeito salvo tocar a vida e deixar o tempo fazer o resto.

Eu só queria entender o real motivo da nossa separação.

Categorias
O blogue

What’s up, doc?

Ficara bem colocado num concurso em São Paulo. Concurso público: o legítimo sonho brasileiro. A idéia era montar um lar com minha mulher que me deixou na sexta última não me explicando o motivo. Provavelmente, o Ricardo bateu na porta e ela o deixou entrar. Não preciso saber.

Demorou, mas assinei carteira em BH. Iria embora para ficar com uma mulher que mora em São Paulo, mas ficarei nesta cidade sem perspectiva. Velha rotina, mas com um emprego. Que se fodam o concurso e minha ex.pequena. Hei, com que ganharei, serei aquilo ela sempre odiou: classe média. Foda-se: usando o diploma que tenho, assumo que mulher é bem substituto.

São Paulo agora é só passagem. Nem mesmo amigo pra prosear naquela catástrofe de 20 milhões de miseráveis terei  depois deste primeiro semestre. Tem os shows e a dita vida cultural, mas, agora que poderei novamente vê-los depois de 8 anos na merda, prefiro ir ao Rio de Janeiro: lá tem o Corcovado e o mar e a história nacional jorrando nas ruas do centro e o povo não é fresco da porra.

Categorias
O blogue

Le musique

Música para dor de cotovelo é que mais temos neste mundo. Fiquemos com Sheryl Crow mandando uma versão de Rod Stewart para The First Cut is Deepest.

Amanhã voltaremos a programação normal. Até lá, deixem-me curtir meu fim de noivado. Pelo menos tá servindo para aprender mais sobre o caráter humano.

Categorias
O blogue

Os dados de Deus

Confiem em mim: toda vez que a sorte anda brilhante do nosso lado, a merda bate de maneira igualmente forte.

Categorias
O blogue

Medo, muito medo

Ontem, eu pedi demissão da escola onte lecionava. A gente pensa que mandar o trampo ao espaço gerará rebuliço, mas tudo se reunirá à papelada em cima da mesa para ver como ficarão os novos alunos. Burocracia.

Acordei em 29/04/2010 com um telefonema de uma empresa dizendo:

– Você está contratado!

Nunca trabalhei de carteira assinada.

Eles ficaram de enviar um email com a documentação exigida.

Meu cu tá na mão. Experiência nova. Assinatura no documento azul, leitor. assinatura no documento azul que no meu caso é mais branco que bunda de guri albino.

Tenho 10 anos de experiência profissional colhidos em todo tipo de projeto bizarro que o leitor possa imaginar e só agora, o sonho brasileiro.Patrão, pague-me o que eu tenho por direito!

Contudo, veio-me a imagem do Ibmec-MG me tirando emprego porque aindo o devo e eles não me deram o certificado de conclusao de curso porque sou um caloteiro.No mundo burguês social democrata, o termo correto é calote de neguinho safado. Pouco importa que você fique seis anos vivendo de bicos para sobreviver: curso bom é aquele que te fode porque o desemprego existe. Para o bem nascido dono de empresa full of networking, glória; para o fodido que busca uma chance melhor, dor. Libertarismo é pica de rico em cu de pobre. O resto é conversa para boi dormir.

A gente só quer trabalhar para chegar em casa no final do dia, ver a geladeira com as coisas dentro, os carnes mensais pagos e poder ter um amorzinho gostoso com a patroa antes de dormir.

Categorias
O blogue

O vermelho do fracasso iluminado

Tornei-me especialista em tomar ferrada em processo seletivo e usar site de emprego que traz o nada. Sinceramente, preciso de um porta à porta para pagar meus pecados e me transformar em gente coorporativa de baixo escalão ou intelectual chinês do Tibet.

Continua 10 anos sem assinatura.

Cansado, apenas. Esfolado, muito.

Categorias
O blogue

Entrevistas de emprego

Deveria ter feito como o George Cosntaza no último episódio da sexta temporada de Seinfeld: falar o oposto para conseguir um  puta emprego.  Contudo, sou careta.

Finalmente, BH deu as caras e fiz uma entrevista num lugar justo depois de 10 anos pedindo graça.

Tragam-me os números para a análise!

(queria pedir os cadáveres, mas sou eu o morto)

Infelizmente, acho que foi tarde demais.

Se der, deu; se não, faz diferença não.

Acontece.

Categorias
O blogue

For what’s worth

E quando você descobre que lixo tem mais valia  no local onde labora, o que fazer? Não a mandei a merda desta vez, mas cancelei a dita aula do sábado. Senhor, os sábados são para a guarda. Uma vez por mês, deste-me o direito de ficar com minha mulher. Não irei trocar minha Ci por nada deste mundo. Foda-se o trampo terminal.A burguesa que coloque alguém para lecionar sete da manhã do sábado. Não farei o serviço que ninguém lá quer. Tenho outras metas. Minha nova família de duo não tem preço.

E pouco depois, ressucitei o site da Catho para urgentemente olhar um trampo qualquer visando sair da escola. Havia o guardado para o segundo semestre, mas não deu. Guardarei $160,00 para mais 90 dias de crédito. Agosto é uma meta, mas preciso sobreviver até lá.

Dá para ir olhando mais trampos na capital paulista.

O dia em que arrumar algo por lá, prometo ir em Santana, conhecer e pedir benção ao meu padrinho, caso ele ainda viva. Sou católico de ir à missa, mas desconheço o sujeito que me guarda junto a Ele. Vergonha.

Dinheiro é necessário. Duro ser pobre. Dou uma semana para sair da escola de inglês para qualquer atividade.

Fiquem com Buffalo Sringfield. Deu vontade de ouvi-los nesta manhã.